31 de agosto de 2012

Receita de Gelado de Iogurte ( Fátima Lopes B.)



4 iogurtes
125 g de natas
4 claras
4 colheres de (sopa) de açúcar


Bata as natas com 1 colher de açúcar até obter chantilly.
Bata as 4 claras em castelo bem firme e junte-lhes as restantes 3 colheres de açúcar, aos poucos e sem parar de bater.
Misture os iogurtes com as claras e as natas, deite este preparado numa caixa e leve-o ao congelador, cerca de 45 minutos, quando o gelado começar a prender, mexa-o com um garfo e volte a deixar no congelador até solidificar.
2 ou 3 horas antes de servir, retire-o para o frigorífico.





Receita de Pudim de Ovos dos Frades do Convento de Alcobaça ( Critina M.)



1 kg de açúcar
6 ovos inteiros + 14 gemas
manteiga

Leva-se o açúcar ao lume com 2,5 dl de água e deixa-se ferver até fazer ponto de pasta.
Misturam-se, sem bater, os ovos inteiros com as gemas E deixa-se o açúcar arrefecer um pouco e juntam-se os ovos.
Mistura-se tudo e deita-se numa forma de buraco no meio muito bem untada com manteiga.
Tapa-se e leva-se a cozer no forno em banho-maria durante 1hora ou um pouco mais.
Verifica-se a cozedura espetando um palito, o qual deverá sair húmido mas limpo.
Deixa-se arrefecer e desenforma-se.

PODERÁ GOSTAR AINDA DE: 
  









Receita de Pudim de Queijo



1 cx. de queijo Filadélfia 
1 saco de natas (0,5 L )  batidas em chantilly
8 ovos batidos
2 latas de leite condensado
1 chávena de açúcar para fazer o caramelo, para barrar a forma de buraco.


Misturam-se os ingredientes todos e por fim as natas batidas em chantilly.
O pudim vai ao forno na forma barrada com o açúcar em caramelo
num tabuleiro  com água já a ferver e coze em banho-maria cerca de 1h e 35m.
Vai ao frigorífico na forma, e só é desenformado no dia seguinte.
 

 
PODERÁ GOSTAR AINDA DE: 
  










30 de agosto de 2012

Concentração em Serpa Hoje ( 31 de Agosto de 2012 ) - Encerramento do Serviço de Urgência no Hospital de S. Paulo




Hoje 31 de Agosto de 2012, pelas 18 horas (Praça da República em Serpa ), a Comissão de Utentes da Saúde e Outros Serviços Públicos do Concelho de Serpa, promove uma acção pública de protesto, por melhores condições de saúde e contestam o encerramento do serviço de urgência no Hospital de S. Paulo em Serpa.






Beja "cidade dos contos" até domingo Com as "Palavras Andarilhas"

 

" Cerca de 60 contadores de histórias, mediadores de leitura e escritores, nacionais e estrangeiros, vão transformar Beja na "cidade dos contos" entre esta quinta-feira, 30, e domingo, 2 de Setembro.
   Com um orçamento próprio "muito reduzido" devido à situação financeira da Câmara de Beja, a 12ª edição das "Palavras Andarilhas" era "improvável", mas realiza-se graças a parcerias, patrocínios, fundos angariados e "muito sangue, suor e lágrimas" de funcionários do Município e "amigos", disse à Agência Lusa a produtora do encontro, Cristina Taquelim.
   Os convidados, de Portugal, Brasil, Argentina, Inglaterra, Espanha e Cabo Verde, vão libertar a "magia" do "era uma vez" nas várias iniciativas das "Palavras Andarilhas", que vão decorrer no Jardim Público, o "núcleo principal" do encontro, e em vários locais de Beja.
   Organizado pela Biblioteca Municipal José Saramago, de Beja, para promover a narração oral, os livros e a leitura, o encontro deste ano, além de iniciativas tradicionais, como o "Encontro de Aprendizes do Contar" e o "Festival de Narração", inclui, como novidades, o "Mercadinho Andarilho" e a primeira edição do prémio "Leitura Pública Joaquim Figueira Mestre".
   A escritora portuguesa Luísa Ducla Soares, a professora catedrática Isabel Cardigos, o contador de histórias cabo-verdiano Horácio Santos e o Grupo do Auto de Natal da Freguesia da Trindade (Beja) são os premiados da primeira edição do prémio e os galardões serão entregues ao longo do encontro.
   No Encontro de Aprendizes do Contar, sobretudo "especialistas do conto" vão ensinar a participantes inscritos práticas de animação de leitura e de narração oral em várias conferências, tertúlias e oficinas de formação.
   A "Estafeta de Contos" arranca já esta quinta-feira durante a "Noite dos Artesãos do Efémero e dos Contadores Andarilhos", na qual contadores de histórias vão contar contos.
   Após a primeira sessão em Beja, a estafeta sai para a rua no final de Setembro e os contos vão "andar de boca em boca" durante seis meses, percorrendo cerca de 90 locais, como bibliotecas e escolas do país.
   Através do festival de narração "Eu conto para que tu sonhes", as "Palavras Andarilhas" abrem-se ao público em geral com sessões de contos durante o dia na Casa da Cultura, na Biblioteca e no Teatro Municipal Pax Julia e à noite no Jardim Público.
   Horácio Santos, o inglês Michael Harvey, o argentino Rodolfo Castro, o espanhol Quico Cadaval, os brasileiros Thomas Bakk, Marina Colassanti e Benita Prieto e os portugueses Jorge Serafim, Elsa Serra, Bruno Batista e António Fontinha são alguns dos contadores que irão contar histórias.
   O "Mercadinho Andarilho", com uma taberna de contos, o "Mercado do Livro", exposições, tertúlias e apresentações de livros são outras iniciativas previstas.
   No domingo, as "Palavras Andarilhas" celebram os 40 anos de carreira de Luísa Ducla Soares, através da iniciativa "Luísa na Terra dos Abraços", no Jardim Público.
   A iniciativa inclui uma conversa entre Luísa Ducla Soares e os escritores portugueses António Torrado e Maria Teresa Meireles e sessões de contos e leitura em voz alta de textos da escritora. " 

In Correio do Alentejo




Se Me Esqueceres




Quero que saibas
uma coisa.

Sabes como é:
se olho
a lua de cristal, o ramo vermelho
do lento outono à minha janela,
se toco
junto do lume
a impalpável cinza
ou o enrugado corpo da lenha,
tudo me leva para ti,
como se tudo o que existe,
aromas, luz, metais,
fosse pequenos barcos que navegam
até às tuas ilhas que me esperam.

Mas agora,
se pouco a pouco me deixas de amar
deixarei de te amar pouco a pouco.

Se de súbito
me esqueceres
não me procures,
porque já te terei esquecido.

Se julgas que é vasto e louco
o vento de bandeiras
que passa pela minha vida
e te resolves
a deixar-me na margem
do coração em que tenho raízes,
pensa
que nesse dia,
a essa hora
levantarei os braços
e as minhas raízes sairão
em busca de outra terra.

Porém
se todos os dias,
a toda a hora,
te sentes destinada a mim
com doçura implacável,
se todos os dias uma flor
uma flor te sobe aos lábios à minha procura,
ai meu amor, ai minha amada,
em mim todo esse fogo se repete,
em mim nada se apaga nem se esquece,
o meu amor alimenta-se do teu amor,
e enquanto viveres estará nos teus braços
sem sair dos meus.


Pablo Neruda

ASSUNTOS RELACIONADOS:

António Botto
Bruno M. B. Rodrigues
Carlos Drummond de Andrade
Daniel Faria
Eugénio de Andrade
Fernanda de Castro
Fernando Pessoa
Florbela Espanca
José Luís Peixoto
Mário de Sá-Carneiro
Mário Quintana
Mia couto
Miguel Torga
Pablo Neruda
Vinícius de Moraes


Mais Energia no Alqueva no Final do Ano




" A nova central hidroeléctrica de Alqueva deverá entrar em funcionamento até ao final deste ano. A informação foi avançada por Óscar Liberal, director de projecto da EDP, durante um encontro com jornalistas, no local, que adiantou ainda que no final desta semana, ou início da próxima, será realizado o primeiro enchimento do circuito hidráulico do primeiro grupo gerador a entrar em serviço. Com uma potência total instalada de 256 MW e uma produção total anual de 381 GWh, Alqueva II representa um investimento estimado em 189 milhões de euros, permitindo um acréscimo de produção de cerca de 82 por cento relativamente à central já existente. O responsável explicou que, em termos anuais médios, a produção deste reforço de potência servirá para abastecer o somatório da população dos concelhos de Évora, Beja, e dos três concelhos limítrofes da zona de Alqueva: Portel, Moura e Vidigueira.  "

In Rádio Planicie



nenhum amor escapa impune




deixa-me perguntar se te
pareço tão assustado assim. Não
me sinto deslocado, talvez curioso, mas
nem surpreso. algo em ti me puxa
sempre ao sentimento, mesmo antes de
te conhecer, lembras-te, uma propensão para
te tratar bem, cuidar, vulnerabilizar os meus
modos, recusar admitir que também eu sou
capaz de crueldades quotidianas e
impunes. queria conversar contigo
sobre o nelson, que foi ver as coisas a
arder fotografando a própria
pele. queria falar-te da isabel e de como
choramos juntos, muito maricas, quando
nos correm mal estes amores ou, pior, a
nossa amizade. esta noite sonhei contigo e
achei graça dizer-te que cheirava mal
na nossa cama. que me incomodou a luz a entrar
pela persiana por fechar. que ouvi com dor o
orgasmo da vizinha de baixo

queria que soubesses que também eu
poderia ter ardido para o nelson
fotografar. queria que soubesses que
também poderia parar de chorar pela
isabel. queria que soubesses que o faria
exclusivamente
para arruinar o meu coração, se fosse a
tua vontade e com isso te deixasse em
paz. faria qualquer coisa, ainda que
quisesse morrer a seguir, faria qualquer coisa que,
por um instante, te pusesse
a pensar em mim


valter hugo mãe

ASSUNTOS RELACIONADOS:

António Botto
Bruno M. B. Rodrigues
Carlos Drummond de Andrade
Daniel Faria
Eugénio de Andrade
Fernanda de Castro
Fernando Pessoa
Florbela Espanca
José Luís Peixoto
Mário de Sá-Carneiro
Mário Quintana
Mia couto
Miguel Torga
Pablo Neruda
Vinícius de Moraes





Ternura




Eu te peço perdão por te amar de repente
Embora o meu amor seja uma velha canção nos teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos
Das noites que vivi acalentado
Pela graça indizível dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçura dos que aceitam melancolicamente

E posso te dizer que o grande afeto que te deixo
Não trai o exaspero das lágrimas nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras dos véus da alma...
É um sossego, uma unção, um transbordamento de carícias
E só te pede que te repouses quieta, muito quieta
E deixes que as mãos cálidas da noite encontrem sem fatalidade o
                                        [olhar extático da aurora.


Vinicius de Moraes


ASSUNTOS RELACIONADOS:

António Botto
Bruno M. B. Rodrigues
Carlos Drummond de Andrade
Daniel Faria
Eugénio de Andrade
Fernanda de Castro
Fernando Pessoa
Florbela Espanca
José Luís Peixoto
Mário de Sá-Carneiro
Mário Quintana
Mia couto
Miguel Torga
Pablo Neruda
Vinícius de Moraes


Câmara de Vidigueira convida motards a Ajudarem Quem Mais Precisa



 " A Câmara Municipal de Vidigueira, através do Núcleo de Voluntariado, vai dinamizar uma Campanha Alimentar, denominada por “Banco Solidário” durante a 14ª Concentração Motard daquela vila que arranca amanhã. A autarquia quer que os participantes na Concentração apoiem, através da compra de vales, famílias mais carenciadas do concelho. A cada vale está associado um produto alimentar. A campanha será dinamizada, no recinto da Concentração, por vários voluntários. Helena D\'Aguilar, vereadora da Câmara de Vidigueira, afirma que a expectativa para esta campanha é “grande”.  "

In Rádio Pax



29 de agosto de 2012

Ribeira da Perna Seca ( Sobral da adiça ) - Obra Concluída no Final de Setembro





" Prosseguem os trabalhos de regularização da ribeira da Perna Seca, em Sobral da Adiça. A intervenção que irá solucionar o problema das cheias naquela freguesia, está orçada em cerca de dois milhões de Euros e é da total responsabilidade da Câmara Municipal de Moura. José António Oliveira, vereador da autarquia mourense, explica que a intervenção consiste no alargamento e reperfilamento do leito da ribeira e de um seu afluente, a ribeira de Vale de Cordeiro, gerando uma capacidade de vazão suficiente para os caudais gerados na bacia hidrográfica e correspondentes ao período de retorno de 100 anos. As actuais travessias das duas ribeiras serão substituídas por pontes de betão armado, em arco. O actual passadiço de madeira para peões será substituído por um outro do mesmo material adequado para vencer um vão de 12 metros. Posteriormente será feito o arranjo paisagístico da ribeira. A obra de regularização da Ribeira da Perna Seca, em Sobral da Adiça, deverá ficar concluída no final de Setembro, avançou o vereador, pelo que o próximo Inverno já trará preocupações à população, uma vez que o problema das cheias deverá ficar solucionado. "

In Rádio Planicie




Receita de Pastéis de Bacalhau




300 g bacalhau
300 g batatas para cozer
4 ovos
1 dl azeite
1 cebola
1 ramo salsa
q.b. sal e pimenta
q.b. óleo


Coza as batatas inteiras e com pele depois de muito bem lavadas, de 30 a 35 minutos, coza o bacalhau noutro tacho durante 10 minutos.
Retire as peles e espinhas ao bacalhau e desfie-o esfregando dentro de um saco limpo de pano.
Depois das batatas cozidas escorra-as e pele-as e ponha-as num tacho em lume muito brando para secarem um pouco. Depois esmague-as reduzindo-as a puré.
Pique muito bem a cebola e refogue-a em azeite.
Escolha, lave e pique a salsa.
Bata os ovos.
Misture as batatas, o bacalhau desfiado e a cebola refogada até ficar uma massa homogénea, depois acrescente a salsa e os ovos amassando mais um pouco.
Com o auxilio de 2 colheres embebidas em azeite molde os pastéis, fritando-os em seguida em óleo abundante e muito quente.
Escorra-os em papel absorvente e sirva-os decorados com um raminho de salsa.


Receita de Salada de Bacalhau Simples



2 postas bacalhau
4 und. tomates maduros
q.b. azeitonas pretas
2 und. ovos cozidos
1 ramo salsa
q.b. azeite
q.b. vinagre
q.b. sal e pimenta

Asse o bacalhau, retire as peles e espinhas e desfaça-o em lascas.2Corte os tomates em rodelas e disponha-os num prato. Espalhe o bacalhau por cima e os ovos cortados em gomos.3Decore com a salsa e as azeitona, e tempere a seu gosto com azeite, vinagre, sal e pimenta.




27 de agosto de 2012

Serpa Apoia “Jovens Criadores”, Através do Musibéria




" A Câmara Municipal de Serpa, através do Musibéria, Centro Internacional de Músicas e Danças do Mundo Ibérico, em conjunto com a Fundación Antonio Gala para Jóvenes Creadores, com a Universidade de Salamanca, a Fundação Robinson, a Fundação Eugénio de Almeida e o Centro de Estudos Ibéricos, no âmbito do Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha Portugal 2007-2013 e cofinanciado pelo FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional), publica a seguinte Convocatória para apresentação de Projetos Criativos. "

In Musibéria

As inscrições para o apoio a Jovens Criadores decorrem até 31 de Agosto. Mais Informação Aqui «-

Mais Noticias do blog
AQUI «-


Os Poemas





Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto
alimentam-se um instante em cada par de mãos
e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...


Mário Quintana


ASSUNTOS RELACIONADOS:

António Botto
Bruno M. B. Rodrigues
Carlos Drummond de Andrade
Daniel Faria
Eugénio de Andrade
Fernanda de Castro
Fernando Pessoa
Florbela Espanca
José Luís Peixoto
Mário de Sá-Carneiro
Mário Quintana
Mia couto
Miguel Torga
Pablo Neruda
Vinícius de Moraes



Receita Sardinhas Escabeche ( Isabel M. )



 1 kilo sardinha limpa sem cabeça e rabo
1 kilo de tomate cortado em rodela
1 kilo de cebola cortada em rodela
4 dentes de alho picadinho
1/2 copo de oleo
1/2 copo de vinagre
1 copo de agua
sal q.b
pimenta do reino q.b
Azeite q.b

Tempere a sardinha com sal, pimenta e o alho
Coloque numa panela de pressão uma camada de cebola e uma de tomate e uma de sardinha e faça varias camadas, depois coloque o vinagre, a agua e o oleo.
Leve ao fogo 50 minutos e deixe esfriar
Depois de fria colocar azeite.

PODERÁ GOSTAR AINDA DE: 
  









Receita de Pudim de Limão




280 gr de açúcar
8 ovos
1 colher de sopa de manteiga
1 limão (raspa e sumo) 

Começa por se separar as claras das gemas.
Em seguida batem-se as gemas com o açúcar.
Batem-se muito bem.
Junta-se a manteiga amolecida, a raspa da casca do limão e o sumo.
Por fim juntam-se as claras batidas em castelo.
Coze-se em banho-maria cerca de uma hora numa forma untada com manteiga.



Governo Injecta 50 Milhões de Euros no Alqueva




" O Governo vai usar os fundos comunitários para dar um novo impulso ao Alqueva. No âmbito da reprogramação estratégica do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN), o Executivo vai dar mais 50 milhões de euros para financiar a construção de infra-estruturas de armazenamento, captação e transporte de água e abre a porta para que outros investimentos do Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva possam ser financiados. A abertura para financiar infra-estruturas secundárias de distribuição de água que permitirão criar zonas de regadio para viabilizar sistemas agrícolas competitivos na região, não é, contudo, acompanhada de uma alocação financeira, porque Bruxelas ainda tem de dar luz verde a esta iniciativa. "

In Rádio Planície

Mais Noticias do blog
AQUI «-




26 de agosto de 2012

Caçadores Salvam Bufo Real




Um Bufo Real, foi salvo pela Associação de Caçadores de Querença. O animal, jovem, ficou preso nas malhas da rede de vedação de uma coutada da serra do Caldeirão.
O Bufo ficou retido na cerca de uma criação de coelhos, gerida pela associação de caçadores, destinados a alimentar a Águia de Bonelli. MAIS INFORMAÇÃO -» AQUI  «-


Mais Noticias do blog
AQUI «-




Prova de 300 vinhos do Alentejo Vai decorrer em Lisboa a 12 e 13 de Outubro




Vai decorrer em Lisboa, uma prova de 300 vinhos do Alentejo a 12 e 13 de Outubro, no Centro Champalimaud, com a presença de produtores e especialistas do setor.

"A CVRA também programou provas de vinhos para as cidades brasileiras de São Paulo e Rio de Janeiro, em setembro, e para Luanda (Angola), em outubro. Angola e Brasil são, precisamente, os dois principais mercados de exportação dos vinhos do Alentejo.
O evento de promoção previsto para Lisboa e destinado aos consumidores vai decorrer, segundo a CVRA, num dos "mais nobres e inovadores espaços lisboetas", o Centro Champalimaud, em Belém."

 
In Expresso

MAIS INFORMAÇÃO
AQUI «-


A Velhice Pede Desculpas





Tão velho estou como árvore no inverno,
vulcão sufocado, pássaro sonolento.
Tão velho estou, de pálpebras baixas,
acostumado apenas ao som das músicas,
à forma das letras.

Fere-me a luz das lâmpadas, o grito frenético
dos provisórios dias do mundo:
Mas há um sol eterno, eterno e brando
e uma voz que não me canso, muito longe, de ouvir.

Desculpai-me esta face, que se fez resignada:
já não é a minha, mas a do tempo,
com seus muitos episódios.

Desculpai-me não ser bem eu:
mas um fantasma de tudo.
Recebereis em mim muitos mil anos, é certo,
com suas sombras, porém, suas intermináveis sombras.

Desculpai-me viver ainda:
que os destroços, mesmo os da maior glória,
são na verdade só destroços, destroços.


Cecília Meireles

ASSUNTOS RELACIONADOS:

António Botto
Bruno M. B. Rodrigues
Carlos Drummond de Andrade
Daniel Faria
Eugénio de Andrade
Fernanda de Castro
Fernando Pessoa
Florbela Espanca
José Luís Peixoto
Mário de Sá-Carneiro
Mário Quintana
Mia couto
Miguel Torga
Pablo Neruda
Vinícius de Moraes


Receita de Rancho




2 cebola média picada
0.5 chouriço de carne
650 gr de carne
100 gr de toucinho entremeado
2 dentes de alho picado
300 gr de grão de bico já cozido
4 colheres de sopa de polpa de tomate
vinho branco q.b.
1 folha de louro
folhas de couve lombarda q.b.
250 gr de massa
azeite, sal e pimenta e/ou piripiri q.b.
caldo de carne
1 cenoura

Corte a carne aos cubos e tempere com sal.
Faça um refogado com a cebola, os alhos picados, o azeite, a folha de louro e o toucinho e junte-lhe depois a carne, deixe alourar mexendo de vez em quando sem deixar queimar.
Junte a polpa de tomate misturado com o vinho e o chouriço de carne. Tempere com pimenta e/ou piripiri.
Tape o tacho e deixe suar um pouco, adicione cerca de 2 dl de caldo de carne, para a carne ir estufando em lume moderado. Se for necessário acrescente mais um pouco de caldo de carne.
Logo que a carne esteja quase cozida, junte a couve lombarda cortada aos bocados, a cenoura cortada às rodelas, o grão cozido e as massas, junte água até cobrir.
Deixe cozinhar até as massas estarem cozidas. Rectifique os temperos e sirva.

PODERÁ GOSTAR AINDA DE: 
  








25 de agosto de 2012

Receita de Caldeirada de Peixe Deliciosa





1 Kg de peixe de mar variado ( cação, tainha, pescada)
4 Colheres (sopa) de azeite
1 Colher (sopa) de óleo
4 Colheres (sopa) de pasta de alho
2 Cebolas em cubos
2 Chávenas de tomate sem pele e sem sementes picado

2 Colheres (sopa) de polpa de tomate
1 Kg de camarão miúdo
2 Cubos de caldo de peixe
2 L de água quente
Sal e pimenta a gosto
3 Folhas de louro
½ Chávena (chã) de salsa picada
Farinha de mandioca para engrossar



Corte os peixes em cubos.
Aqueça o azeite e o óleo numa panela e frite o alho e a cebola.
Adicione os tomates e frite por 3 minutos. Coloque a polpa de tomate, mexa e adicione o camarão. Dissolva o caldo na água quente e despeje na panela. Acerte o sal e a pimenta. Quando começar a ferver, coloque os pedaços de peixe e a folha de louro, eixe ferver 20 minutos.
Transfira para uma travessa, polvilhe com salsa e sirva.
A caldeirada fica com bastante água, por isso, a farinha de mandioca deve ser servida na mesa e cada pessoa engrossa o caldo como quiser.

PODERÁ GOSTAR AINDA DE: 
  









Receita de Bacalhau à Braz da tia Wanda





800 g de postas de bacalhau demolhado por 24 horas;
4 Batatas médias, sem casca, raladas grossas,
óleo para fritar;
2 Dente de alho picado;
3 Cebolas médias cortadas em rodelas finas;
6 Colheres (sopa) de azeite;
6 Ovos ligeiramente batidos;
2 Colheres (sopa) de salsa picada;
Azeitonas pretas para decorar;
Sal e pimenta branca a gosto.


Retire a pele e as espinhas do bacalhau e desfie-o em lascas não muito finas. Aos poucos, frite a batata em óleo quente, até dourar ligeiramente. Retire com uma escumadeira e deixe escorrer sobre papel absorvente. Frite os alhos e a cebola no azeite até ficarem macios. Acrescente o bacalhau desfiado e refogue em fogo alto por 5 minutos.
Na hora de servir, leve ao fogo e junte os ovos temperados com o sal e a pimenta. Mexa com um garfo até ficarem firmes, mas ainda húmidos. Retire do fogo, adicione a batata frita e misture rapidamente. Coloque num prato de servir, polvilhe com salsa por cima e decore com as azeitonas.


Frederica Rodrigues - Para vender, comprar ou arrendar em Portugal